Menu
No mundo

Ministro Marcelo Álvaro Antônio exalta bom momento do país no 4º Fórum Brasileiro de Turismo ao lado de grandes autoridades do setor

Publicidade

O momento promissor do mercado de viagens no Brasil e iniciativas do governo federal no sentido de aprimorar as condições do setor foram o foco da participação do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, no 4º Fórum Brasileiro de Turismo, realizado no dia 01 de novembro, em Itu (SP). O evento reuniu atores públicos e privados do Sistema Nacional de Turismo para discutir o atual cenário da atividade no país, com a apresentação de casos de sucesso, além de debater perspectivas e estratégias de longo prazo na área.

Durante a abertura do evento, o ministro citou avanços como o Programa Investe Turismo, que qualifica 30 rotas estratégicas em 158 cidades de todo o país. “A infraestrutura é fundamental para o turismo, e o Investe Turismo, em parceira com o Sebrae e a Embratur, tem sido um sucesso. Mas também estamos trabalhando em outras ações, que já trazem resultados concretos. Uma delas é a isenção de vistos para Canadá, Estados Unidos, Austrália e Japão, que já está valendo, e agora será estendida a outros países anunciados pelo presidente Jair Bolsonaro, como China e Catar”, completou.

O ministro ressaltou que o Brasil tem atraído a atenção de investidores internacionais e previu avanços a partir da melhor estruturação de destinos turísticos do país. “Tivemos a liberação, por parte do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, do primeiro porto com terminal de passageiros, em Balneário Camboriú. Teremos pelo menos 15 desses ao longo da costa brasileira – e sem dinheiro público”, enfatizou.

Marcelo Álvaro também destacou números que evidenciam a importância econômica do turismo para a economia e a geração de emprego e renda. “O turismo tem avançado de forma significativa. Entre janeiro e julho, cresceu 3,2%. Temos uma determinação muito clara do governo federal: identificar empecilhos ao desenvolvimento e desburocratizar”, afirmou, lembrando que a economia nacional cresceu 0,4% no mesmo período apontado.

Nomes fortes

O evento contou com a presença do secretário nacional de Integração Interinstitucional do MTur, Bob Santos; da vice-governadora da Paraíba, Lígia Feliciano; do secretário de Estado de Turismo São Paulo, Vinicius Lummertz; do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin; do presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH Nacional), Manoel Linhares; do presidente executivo do Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB), Orlando de Souza; do presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo, deputado federal Herculano Passos, e do presidente do Global Council of Sales Marketing, Agostinho Turbian, entre outros.

Lígia Feliciano (Vice-governadora da Paraíba), Manoel Linhares (Presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – ABIH Nacional), Paco Britto (Vice-governador do Distrito Federal), Raul Sulzbacher (Presidente do conselho da administrativo da Fundação 25 de Janeiro), Deputado Federal Newton Cardoso Jr (Presidente da Comissão de Turismo do Congresso Nacional), Ex-Governador Geraldo Alckmin, Deputado Federal Herculano Passos (Presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo), Ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio, Secretário de Turismo do Estado de São Paulo Vinicius Lummertz, Toni Sando (Presidente do São Paulo Convention & Visitors Bureau), Sebastião Misiara (União dos Vereadores do Estado de São Paulo) e Tirso Meirelles (Presidente do SEBRAE-SP)

O Fórum aconteceu no Novotel Itu Golf & Resort com abertura musical da pela banda de música do quarto batalhão de infantaria – exército brasileiro, com regência do mestre de música, tenente Marcelo Aparecido de Oliveira.

No Brasil, o turismo é um dos setores de maior vigor e crescimento, carrega toda uma cadeia produtiva de vários setores da economia nacional. Também passaram pelo 4FBT, personalidades da política e do setor empresarial. O “Trade” marcou presença. AMITESP, APRECESP, SPC&VB, FBHA, SP Turis, entre muitas outras. “Nós estamos aprovando matérias importantes, por exemplo a Lei Geral do Turismo, que melhora e moderniza o turismo nacional”, afirmou Herculano Passos, deputado federal do MDB e Presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo, na abertura oficial do evento.

O que chamou a atenção, foi o público: foram mais de 1500 pessoas durante o dia. Entre elas, pessoas de todo o país e alunos de diversas escolas puderam assistir aos debates, palestras e, especialmente a palestra internacional de Bob Proctor.

“O próprio fórum fomentou a economia em diversas maneiras, como a compra de passagens aéreas, geração de empregos para as funções necessárias, contratação de serviços, alimentação entre outros” disse Tathiana Turbian, CEO do iG Innsbruck Group e Mestre de Cerimonia do evento.

Geraldo Alckmin, ex-governador do Estado de São Paulo proferiu a primeira aula magna do fórum com o tema: “A força, importância e tendências do setor de Turismo no Brasil e no mundo”. Alckmin afirmou que, “ o maior desafio é a geração de emprego e renda. Estamos apostando alto no turismo, afinal, o terceiro setor é um dos que mais emprega”, completa.

O diferencial, foi a palestra internacional. O Global Council of Sales Marketing (GSCM), trouxe Bob Proctor, Faryt Kalhil e Andrés Arango, da Mind Sucess, sobre “Como ter excelência e maestria no setor do turismo. 5 dicas que você não pode deixar de aplicar”, em espanhol. Palestrantes de todos os lugares do Brasil conseguiram prender o público com as apresentações únicas, como Rita de Cássia Trinca Passos – Secretária Nacional de Inclusão Social e Produtiva Urbana, Ibrahim Georges Tahtouh – Presidente da BHT (Brasil Health Tourism Concierge), Sebastião Misiara – Presidente da União dos Vereadores do Estado de São Paulo (UVESP), Orlando de Souza – Presidente Executivo FHBO, entre outros grandes nomes. “A proposta do fórum é discutir como o turismo pode gerar emprego e renda direto nas veias do trabalhador. A abrangência do setor de turismo movimenta 54 eixos da economia nacional”, diz Agostinho Turbian.

“O que a gente está tentando mostrar, não só para as pessoas do trade, é que turismo pode acelerar essa geração de emprego e renda. É muito mais do que lazer, é um mercado latente no Brasil e que tem muito potencial para crescer”, completa Tathiana Turbian, CEO do grupo Innsbruck.

Henrique Nelson Calandra, presidente da comitiva oficial para receber o Ex-Presidente da República, Michel Temer, falou com muita emoção em sua fala de apresentação do presidente, com mais de 500 pessoas presentes. Em entrevista exclusiva, Temer afirmou que o turismo é uma fonte inesgotável de riquezas para o país. “É fundamental para a economia do país, a ideia de que a pessoa ira descansar, gera uma capacidade negocial extraordinária dos mais variados setores, hotel, contrato de trabalho, taxistas, enfim, as mais variadas atividades, por isso volto a dizer a importância do 4ª fórum Brasileiro de Turismo”, completa. O evento, foi encerrado com homenageados, com o Diploma de Honra ao Mérito em Defesa do turismo.

Potencial

O Fórum contou com maciça presença da imprensa, que tiveram oportunidade de falar com as autoridades e presenciar esse importante momento. Para o Diretor de Mercados do Grupo Innsbruck, Gilberto Silva, pelas dimensões do nosso país e pelo potencial de nossas paisagens e diversidades, o Brasil deveria ocupar uma posição de muito maior destaque nesse mercado.

“Temos hoje um faturamento estimado, gerado em função do turismo de cerca de US$ 6 bilhões ano, acima apenas de outros países da América Latina, porém abaixo de República Dominicana e México – deste temos menos de um terço –, sem comparação com os demais países, onde, de alguns, perdemos de goleada”, disse.

Silva destaca que debater medidas de incentivo ao turismo nacional e internacional é de suma importância. “Discutir medidas de ajuste das infraestruturas para criar condições de atrair turistas, para as mais diferentes modalidades, como turismo de negócios, lazer, histórico – cultural, natureza, biodiversidade, cuidados pessoais – saúde e outras, é uma necessidade imperativa, para gerar um melhor aproveitamento do nosso potencial.”

Gilberto Silva avalia que as palestras foram, todas, muito interessantes e pertinentes ao objetivo do Fórum, algumas, claro, destacaram-se, por seu conteúdo, muitas vezes inédito para a maioria dos participantes, como a apresentação “Turismo de saúde e bem-estar”, um mercado imenso, crescente e, muitas vezes, pouco explorado, principalmente, por falta de divulgação e de estrutura específica. “Outra apresentação que destaco é a que falou do Brasil como um pais vocacionado para o Turismo, que reforça o objetivo do Fórum de destacar as potencialidades do Brasil nesse mercado”, enfatiza.

Idealização

O 4º FÓRUM BRASILEIRO DE TURISMO, que aconteceu no dia 01 de novembro, na cidade de Itu, mais precisamente no Novotel Itu Golf&Resort, visou mobilizar atores públicos e privados que integram o Sistema Nacional de Turismo para uma ampla avaliação da atividade no país, abordando as perspectivas para os próximos anos, as estratégias de longo prazo e apresentando contribuições para o próximo ciclo das políticas públicas de turismo no Brasil.

Projeto desenvolvido pelo Global Council of Sales Marketing (GCSM), em parceria com entidades de pesquisa reconhecidas oficialmente, como o IPEA e o Ministério do Turismo, o objetivo do encontro foi avaliar a importância socioeconômica do turismo no conjunto da economia, acompanhar a geração de postos de trabalho formais e informais além de mostrar o perfil da mão de obra, contribuindo com diagnósticos sobre o desempenho das chamadas Atividades Características do Turismo (ACTs), um conjunto de atividades no qual se concentra a maior parte dos gastos dos turistas, dentre outras.

Confira a galeria de fotos completa do 4º Fórum Brasileiro de Turismo, aqui!

Continua depois da publicidade
Source Source Source Source frankies-letna.cz recepty zajimave zivotni styl