Fábio de Salles Meirelles, recebe título de “Embaixador da Agricultura do Estado de São Paulo”

por The Winners
0 comentário

Matéria realizada na edição #21 da Revista The Winners

No Fórum de Debates – Desenvolvimento Paulista, organizado pelo GCSM Global Council of Sales Marketing em conjunto com o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, na sala Ministro Manoel da Costa Manso, do Tribunal, com a presença de mais de 200 convidados, líderes políticos e empresariais, do Governador Geraldo Alckmin, do Vice-Presidente do Supremo Tribunal Federal, Ministro Dias Toffoli e do anfitrião, Desembargador Paulo Dimas de Bellis Mascaretti, Presidente do Tribunal, o governador Alckmin proferiu a palestra – São Paulo, uma locomotiva a favor do Desenvolvimento e do Crescimento Econômico e Social do Brasil.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) José Antonio Dias Toffoli fez a saudação de abertura, lembrando que São Paulo é um estado “focado no trabalho”. “Os paulistas são conhecidos no Brasil inteiro como aqueles que focam na eficiência, na competência e não têm medo de trabalhar” Dias Toffoli afirmou ainda que “sem um Judiciário eficiente e eficaz nós não teremos um desenvolvimento que seja sólido e solidário”. Em sua visão, 2018 será “um ano de melhoria
e de aprimoramento do Poder Judiciário para esse objetivo de ser um solucionador dos problemas”. O ministro considera que “o Poder Judiciário cada vez mais assume uma função, em especial o STF, de ser uma espécie de Poder Moderador dos outros poderes e da federação brasileira”, exercendo missões como “a pacificação social, a pacificação da relação entre os poderes, a pacificação dos problemas sociais, políticos e econômicos visando o desenvolvimento da nação brasileira”.

Da importante palestra do Governador, vale o destaque de citações de grande relevância para a busca do desenvolvimento sustentável do Brasil. Para alcançar uma inserção internacional significativa e realizar sua “vocação de país continental destinado a crescer”, o Brasil precisa ter uma agenda de modernização e competitividade. Os países que passaram de renda média para renda alta tiveram exportação e comércio exterior como fatores chave. O Brasil tem 3% do PIB do mundo e 1% do comércio exterior. É ainda um país fechado. Para poder abrir e disputar no mundo inteiro, precisa ter uma agenda de modernização e competitividade e o Brasil está preparado para fazê-lo.

O governador Geraldo Alckmin também lembrou que a economia paulista é bastante diversificada. No agronegócio, por exemplo, o Estado é o maior produtor do mundo de açúcar, álcool e suco de laranja. Em termos nacionais, é o maior produtor de frutas, flores, ovos, borracha, fibra de celulose, máquinas agrícolas, entre outros. Há ainda muitos polos com arranjos produtivos locais em áreas que vão da indústria calçadista à aeronáutica.

Para o governador, são três os deveres essenciais do Estado: a educação, a saúde e a segurança. Lembrou que a Constituição Paulista determina que pelo menos 30% da receita corrente líquida sejam destinados à educação, mais do que o percentual mínimo estipulado pela Constituição Federal, que é de 25%. Investimento nas escolas técnicas de tempo integral, as Etecs, e as Faculdades de Tecnologia (Fatecs), com foco na formação profissional, estão sempre atualizadas com as inovações exigidas pelo mercado.

Na saúde, salientou um paradoxo: “A boa notícia é que estamos vivendo mais e melhor. A má notícia é que temos um problema de financiamento”. Gradativamente a União vem diminuindo sua participação no financiamento do sistema de previdência, assistência social e saúde criado pela Constituição de 1988. Hoje a União entra com 40% dos recursos e os estados e municípios ficam com 60%, e desta forma não aguentam. Em São Paulo é ainda pior, a participação federal no financiamento do sistema é de apenas 22%, cabendo os 78% restantes aos governos estadual e municipais, uma das razões porque as reformas como a da previdência são tão importantes.

Na área de segurança, enfatizou que São Paulo chegou a ter mais de 13 mil homicídios por ano no início da década passada. Em 2016 esse número caiu para pouco mais de 3.600 e neste ano será ainda menor. O desafio mais importante é enfrentar o tráfico de drogas e o tráfico de armas. Em um encontro de governadores realizado no Acre, São Paulo apresentou uma proposta de criação da Agência Nacional de Inteligência. Este órgão irá operar em coordenação com instituições federais, como Ministério da Defesa, Forças Armadas, Gabinete de Segurança Institucional, polícias Federal e Rodoviária Federal e a inteligência de outros estados.

Informação, inteligência e tecnologia para combater fortemente o tráfico de drogas e o tráfico de armas. Arma à vontade é aumento de homicídios. Uma das razões da queda brutal de homicídios em São Paulo foi o desarmamento. O presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, o desembargador Paulo Dimas de Bellis Mascaretti encerrou o evento cumprimentando o Ministro Toffoli por suas importantes reflexões e o governador pela brilhante palestra. Complementou enfatizando o momento político brasileiro, a importância da solidez de nossas instituições e de como o Tribunal tem continuamente trabalhado para apoiar o crescimento de São Paulo e consequentemente do Brasil.

Outras personalidades de destaque presentes ao evento, foram homenageadas pelo GSCM com Diplomas de Honra ao Mérito. São eles: Dr. Arnoldo Wald, jurista Doutor Honoris Causa pela Universidade de Paris; Dr. José Renato Nalini, Secretário da Educação do Estado de São Paulo e ex-presidente do Tribunal de Justiça; Milton Luiz de Melo Santos, Presidente da Desenvolve SP; Sebastião Misiara, Presidente da UVESP – União dos Vereadores do Estado de São Paulo e Arnaldo Jardim, Secretário da Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. O Governador Geraldo Alckmin, o Vice-Presidente do STF, Ministro José Antonio Dias Toffoli e o Presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, desembargador Paulo Dimas de Bellis Mascaretti, também receberam um Diploma em reconhecimento por suas excelentes performances na Administração Pública.

You may also like

Deixe um Comentário