Exclusividade e luxo nos cinco cantos do Brasil

por The Winners
0 comentário

Natureza, gastronomia e cultura. A união perfeita entre conforto e lazer

Quando pensamos nos conceitos que envolvem o turismo de luxo, logo nos vêm à cabeça hotéis, restaurantes, resorts e outras atrações em destinos internacionais como Mônaco, Paris, Nova York ou até mesmo algumas ilhas do Pacífico e suas praias paradisíacas, mas a boa notícia é que não é preciso ir tão longe para desfrutar do luxo que cidades como essas podem proporcionar. No Brasil, já temos opções para atrair esse nicho de viajantes de alto poder aquisitivo, mais exigente e que tem como prioridade conforto, exclusividade e privacidade. A seguir selecionamos alguns destinos que já são conhecidos por atender esse tipo de público.

Praia do Imbassaí – BA

Principal praia do município de Imbassaí, pequeno vilarejo com cerca de 5 mil habitantes que fica no litoral Norte da Bahia, na chamada Rota dos Coqueiros, com 6 quilômetros de extensão, é envolvida por diversas dunas de areia branca que separam o litoral do rio, que tem o mesmo nome da praia, e desemboca num estuário de mangue preservado. Nesse local é possível uma experiência diferente: tomar um banho de água doce e em seguida pular no mar.
Para garantir a tranquilidade no local, o acesso de carros é bastante restrito. Um passeio imperdível é se deixar levar pelo clima de descontração e caminhar pela praia onde ficam diversas barracas e bares, famosos pelos petiscos de frutos do mar e pelo acarajé, marca registrada da culinária baiana. O Grand Palladium Imbassaí Resort & Spa é uma excelente pedida de hospedagem. A poucos minutos do aeroporto de Salvador, localizado na reversa de Imbassaí, próximo à Praia do Forte, o resort oferece intenso contato com a natureza. Sua praia é ponto de desova de tartarugas marinhas e preservada em conjunto com o Projeto Tamar. Por lá, o hóspede encontra onze bares e sete restaurantes, sendo quatro deles à la carte. O resort funciona no sistema all inclusive infinite indulgence.

Para quem deseja mais tranquilidade e vai viajar sem crianças, há uma piscina exclusiva para adultos. Mas se a viagem é com a família, existe uma estrutura especial para elas com baby club, kids club e atividades diárias com a equipe de recreação. Se a busca é por comodidade, o Palladium possui o Zentropia Palladium Wellness & Spa, com serviços diversos como massagens, saunas e tratamentos exclusivos. 

O Grand Palladium Imbassaí possui grande estrutura de lazer com quatro piscinas, quadra, sala de jogos, além de atividades como snorkel e o shows

Cânion do Xingó – SE

O maior cânion navegável do mundo fica na divisa entre os estados de Sergipe e Alagoas. O local tem como moldura paredões alaranjados que são cortados por um lago de tom verde claro intenso que formam um cenário quase inacreditável, digno de um filme de aventura. O mais interessante dessa história é que até poucos anos a paisagem era bem diferente.

Com a construção da Hidrelétrica de Xingó, em 1994, as águas do rio São Francisco que passavam velozmente por entre as rochas, deram lugar a um gigantesco lago com 65 quilômetros de extensão e passou a atrair muita gente (turistas nacionais e estrangeiros) para ver de perto esse incrível conjunto de canais. Situado à Serra do Chapéu de Couro, o Xingó Parque Hotel & Resort fica próximo ao cânion, aos museus e pontos turísticos da região e oferece uma vista panorâmica inigualável. Também é de fácil acesso a transportes para toda Canindé do São Francisco e adjacências.

Como infraestrutura, o hotel oferece sistema de meia pensão (café da manhã e jantar), piano bar, restaurante, salão de jogos, realidade virtual (3D), quadra poliesportiva, academia de ginástica, recreadores, bar das cascatas, piscina adulto e infantil com bar molhado, toboágua, balde maluco, playground, minigolfe, kids club, mirante, elevador panorâmico, heliporto e venda de passeios pela região.

Passeio no Cânion do Xingó
Vista aérea do Xingó Parque Hotel

Barra da Tijuca – RJ

A Barra da Tijuca tem um dos mais altos índices de desenvolvimento humano da cidade do Rio de Janeiro (0,972) e foi um dos poucos bairros a nascer a partir de um planejamento urbano, embora muito do projeto original de Lúcio
Costa já tenha sido abandonado. Mesmo assim, é possível observar suas largas ruas, no estilo de Brasília, cidade também planejada pelo mesmo renomado arquiteto.

Além de conhecer sua praia de águas geralmente transparentes, com trechos mais calmos e outros agitados, bons para a prática do surf, um programa imperdível no bairro é fazer um passeio por seus shoppings, que abrigam lojas de marcas internacionais e restaurantes de alto gabarito. Para desfrutar da bela praia da Barra com comodidade, uma opção é o Wyndham Rio de Janeiro Barra. Destacado pela exuberante vegetação tropical, o hotel contemporâneo fica de frente
para o oceano Atlântico, a poucos minutos do Barra Shopping e do Village Mall e a 37 quilômetros do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro. O hotel possui academia de última geração e o restaurante do hotel oferece deliciosas refeições durante todo o dia, começando com um buffet de café da manhã gratuito para os hóspedes.

Vista da suite Royal, Hotel Wyndham Barra

Ilhabela – SP

Ilhabela é um dos únicos municípios-arquipélagos marinhos brasileiros e fica localizado no litoral norte do estado de São Paulo, na região de São Sebastião. Possui uma das mais acidentadas paisagens da região costeira brasileira e é conhecida por seus 36 quilômetros de praias, 360 cachoeiras (as quedas d´água que podem ser aproveitadas para banho somam cerca de 30) e centenas de trilhas com paisagens deslumbrantes da Mata Atlântica beirando o mar.
Cerca de 84,3% do território do município é considerado área do Parque Estadual de Ilhabela, criado em 1977 e que tem uma área total de 27.000 hectares. A importância do parque lhe valeu inclusão na região conhecida como reserva de biosfera pela UNESCO e nas áreas abrangidas pela Aliança para a Extinção zero (AZE) e designação como Área Importante para a Preservação de Aves (IBA). 

Com muitas opções de hospedagem e de lazer, nessa pequena cidade se destaca o DPNY Beach Hotel & Spa, único cinco estrelas à beira-mar e uma combinação perfeita de acomodações luxuosas, alta gastronomia, spa, estrutura de praia e parque particular. Só para constar, entre as muitas celebridades que já experimentaram todo esse conforto está a übermodel Gisele Bündchen. A poucos passos da areia dourada e das águas claras da Praia de Veloso, fica o elegante Wyndham Ilhabela, o hotel contemporâneo para não fumantes oferece piscina externa, academia e no Restaurante do Tonhão cozinha internacional com café da manhã continental. São 50 espaçosas suítes ou apartamentos com vistas espetaculares para o mar, cada uma delas equipada com WIFI grátis e uma cozinha completa, entre outras conveniências. O hotel é pet friendly (cinco quilos ou menos).

Hotel Whindham Ilhabela

Foz do Iguaçu – PR

Foz do Iguaçu, no Paraná, é um dos destinos brasileiros mais famosos no exterior. A cidade é a principal base para visitar as conhecidas Cataratas do Iguaçu. Com uma extensão de 2,7 km e atravessando a fronteira com a Argentina, elas são formadas por centenas de cascatas, entre elas a Garganta do Diabo, com 80 metros de altura que pode ser acessada em passeios de barco.

Foz do Iguaçu é mais do que um cartão postal. Aves exóticas, bares de gelo, parques aquáticos, um templo budista, churrascarias argentinas, carros velozes para pilotar, compras no Paraguai e na Argentina, cassinos, ruínas jesuíticas e a
usina de Itaipu: quanto mais dias você ficar, mais terá o que fazer.

O Rafain Palace Hotel & Convention, é um dos mais conceituados hotéis de Foz do Iguaçu, com localização privilegiada, logo na entrada da cidade e próximo dos principais pontos turísticos. O conceito de resort permite que o empreendimento se molde às necessidades dos hóspedes em diferentes períodos do ano. Com uma equipe de recreação expert responsável pelo lazer de adultos e crianças, o hotel transforma as estadias em experiências inesquecíveis. Para quem quer se divertir, conta com piscinas, sauna, quadras de esportes, campos de futebol e o “Mundo Encantado”, espaço de recreação para crianças com temática de floresta.

A qualidade da gastronomia, DNA dos negócios da família, é um dos grandes diferenciais do hotel. Apesar do seu grande porte, o Rafain Palace se destaca na região por manter as características acolhedoras de uma empresa familiar, como se cada hóspede que chega estivesse entrando e sendo recebido na casa dos fundadores.

Piscina do Rafain Palace, em Foz do Iguaçu

Garopaba – SC

Garopaba fica no litoral sul do estado de Santa Catarina. O nome da cidade tem origem indígena e significa “enseada de barcos” ou “lugar de barcos”. É destino típico de quem procura sossego e contato com a natureza. A cidade é cheia de praias calmas, algumas pouco movimentadas, com muita vegetação no entorno. A arquitetura local lembra a de cidades como Paraty e Tiradentes, o que dá a ela um ar histórico. A gastronomia local é variada e há restaurantes com pratos típicos de diversas cozinhas: brasileira, árabe, italiana, entre outras, mas os frutos do mar são sempre uma boa pedida
nos restaurantes da cidade.

A praia mais famosa da cidade é a Praia do Rosa. Em 2015, o jornal The Guardian publicou um artigo sobre as 10 melhores praias do mundo que você nunca ouviu falar e entre elas estava a Praia do Rosa. Sua fama se dá pela beleza natural, com suas águas cristalinas, areia fina e clara e uma calmaria inesquecível. 

O avistamento das baleias-francas também atrai muitos turistas para Garopaba nos meses de inverno. Elas geralmente chegam entre junho e setembro a procura das águas calmas da região para darem à luz longe de prováveis predadores e
a Praia da Gamboa é o local mais certo para avistá-las. Nesse período, barcos cadastrados levam os turistas para vê-las mais de perto. A Praia da Silveira é considerada uma das melhores do mundo para a prática de surf. Ao mesmo tempo, oferece a água quente do riozinho que, com a proximidade do morro, formam uma proteção do vento sul para as famílias com crianças desfrutarem de águas tranquilas. Ali também está o melhor lugar da cidade para apreciar o nascer da lua cheia. Ao Sul, um morro imenso, com o verde da Mata Atlântica quase 100% preservado. Ao Norte, o costão que
propicia uma hora e meia de caminhada, muitas piscinas naturais e termina na Praia da Preguiça. Em Garopaba a melhor opção de hospedagem confortável e sofisticada é a Pousada Morada da Prainha, que oferece excelente estrutura de lazer e atendimento personalizado. A proposta da pousada é que você desfrute de um espaço privado de uma casa de praia completa com serviços e comodidades de um grande hotel. 

Praia do Centro ou Praia de Garopaba. É a praia mais frequentada da cidade, ideal para caminhadas e corridas
Praia da Gamboa. Distante 15 km do centro de Garopaba, com pouco movimento ou comércio, tem a maior incidência de Baleia Franca na temporada, entre os meses de agosto e outubro

Bonito – MS

Bonito é um dos principais destinos de ecoturismo do Brasil. Localizada no Mato Grosso do Sul, e internacionalmente conhecida pela transparência das águas de seus rios, a cidade se destaca como o melhor local para mergulho fluvial do país. Na nascente cristalina do Rio Baía Bonita, que forma o Aquário Natural, ou no Rio Sucuri, de leve correnteza, você nada lado a lado com diversas espécies de peixes coloridos. A preocupação com o meio ambiente é levada a sério. Parece até que muitas das atrações da cidade foram descobertas recentemente, de tão intocadas.

Para quem gosta de muita aventura, o Abismo Anhumas é uma das maiores cavernas submersas do país. Coberta de estalactites, permite a prática de rapel e de mergulho num lago subterrâneo. Há ainda opções de passeios de botes em corredeiras, boia-cross e mergulho com cilindro. Entre as grutas, os destaques são a Gruta do Lago Azul, com um lago de um tom azul mágico, quase irreal e as Grutas de São Miguel, cujo passeio começa em uma trilha suspensa e segue gruta adentro, cheia de estalactites, estalagmites e outras formações geológicas. A Boca da Onça é a cachoeira mais alta do estado, com 156 metros de altura, mas sua trilha ecológica, com 4 km, passa por outras dez quedas. Outras opções são o Parque das Cachoeiras, com seis quedas d´água e a Estância Mimosa, com nove paradas para banho. Quem escolhe Bonito como destino de viagem quer contato com a Natureza, e isso a cidade tem para todos os gostos. Na Pousada Arte da Natureza é possível desfrutar com modernidade, conforto e práticas ecologicamente corretas, sempre com experiências marcantes de puro lazer e tranquilidade de toda a beleza e recursos naturais da região. São três piscinas externas e uma piscina coberta, cinco spas externos e três cachoeiras artificiais, totalizando mais de 720 m² de águas.

Os 15 apartamentos Superior têm piscina privativa na sacada. 

Chapada do Guimarães – MT

Situada no estado do Mato Grosso, a 65 Km da capital Cuiabá, a Chapada dos Guimarães é identificada pelos paredões que marcam as bordas do Planalto Central Brasileiro. O enorme paredão com cento e cinquenta quilômetros de rochas, que a trezentos milhões de anos estava no fundo do oceano, é considerado um dos pontos mais místicos do país, pois acredita-se que o fluxo magnético da região (“corredor Bivac”), possibilita às pessoas iniciadas um maior contato com os elementais e seres de outras dimensões, devido a um “buraco” na superfície da Chapada que permite a passagem de ondas cósmicas que normalmente não chegam à superfície.

Além da beleza desse maciço de rocha, com grutas e cavernas, diversas trilhas que levam a várias cachoeiras, todas em área de preservação, com enorme diversidade de pássaros. O Parque Nacional de Chapada dos Guimarães reúne todas essas atrações e tem uma boa infraestrutura com quiosques, restaurante, banheiros e guias para receber bem o turista. O estado também é uma das entradas para o Pantanal e contém em seu território parte da Floresta Amazônica, no Parque Estadual Cristalino. Sua capital é Cuiabá que hoje está focada no turismo de negócios sendo destino de vários congressos e feiras devido à sua ótima estrutura hoteleira e de centros de eventos. Mais ao sul do estado, destacam-se os balneários de águas quentes naturais localizados nas cidades de Juscimeira e Jaciara, onde também está localizada a Cachoeira da Fumaça, complexo de rios e cachoeiras muito procurados para a prática do rafting.

Uma ótima opção de hospedagem é o Malai Manso Resort All Inclusive, às margens do lago Manso e apenas a uma hora da capital, e uma hora da Chapada dos Guimarães. O hotel, inaugurado a três anos, conta mais de 3.000m2 de piscinas, diversos ambientes que se interligam, inclusive uma área exclusiva para crianças.

Também oferece opções de lazer das mais variadas, para todas as idades, que vão desde esportes radicais como tirolesa, arvorismo, arco e flecha, ao salão de jogos, quadras de tênis, futebol e poliesportivas. No cassino os hóspedes podem
ganhar vários “malais” que têm como valor a diversão. Passeios de lancha pelo lago com parada em uma praia que é um verdadeiro cartão postal, flutuação em Bom Jardim ou conhecer as cachoeiras do Parque Nacional da Chapada dos Guimarães são outros programas imperdíveis oferecidos no Malai Manso.

Foto Aérea da região do Rio Claro, no Parque Nacional de Chapada dos Guimarães

Monte Roraima – RR

O monte Roraima fica na tríplice fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana. Ele constitui um “tepui”, tipo de monte em formato de mesa bastante característico do planalto das Guianas. Conhecido pelos ocidentais apenas no século XIX, foi escalado pela primeira vez em 1884, por uma expedição britânica chefiada por Everard Ferdinand im Thurn. Entretanto, as diversas expedições posteriores, sua fauna, flora e geologia permanecem praticamente desconhecidas. A história de uma dessas incursões inspirou sir Arthur Conan Doyle a escrever o livro O Mundo Perdido, em 1912. Com o desenvolvimento do turismo na região, especialmente a partir da década de 1980, o monte Roraima tornou-se um dos destinos mais populares para os praticantes de trekking. O trajeto mais utilizado é feito pelo lado sul da montanha, através de uma passagem natural à beira de um despenhadeiro.

Para fazer essa viagem é necessário estar preparado física e espiritualmente. São em média sete dias de caminhada, três por pradarias até alcançar a base da enorme montanha que se ergue como um paredão dividindo fronteiras e o céu e a terra. Nesse primeiro trecho, embora suave, caminha-se por cerca de oito horas por dia, com bases de acampamento e alimentação. Ver a cada minuto que o monte sagrado está mais próximo, dá força para o passo seguinte. Quando o sol se põe e cobre de vermelho as paredes rochosas, têm-se um espetáculo deslumbrante. 

A subida é cansativa, mas sem grandes dificuldades, podendo ser feita por qualquer pessoa com bom preparo físico. Durante o caminho tem-se a impressão de haver vários mundos dentro de um mesmo lugar. Primeiro se depara com uma
flora própria, com plantas carnívoras que brotam do chão e das pedras, e animais que só nesse local existem, como o minúsculo sapinho negro. No quarto dia é a chegada ao topo, com 2.772 metros de altura. Abaixo apenas nuvens e a sensação que estar no céu. É nesse momento que a energia do Tepuy (nome sagrado do Monte Roraima) se conecta a do espírito do viajante, formando uma só, onde é possível ver também com os olhos da alma, este local que parece ser um portal entre mundos. A experiência de andar por entres as rochas esculpidas pelo vento, formadas no período Proterozóico (cerca de 1,7 a 2 bilhões de anos), sobre lajes com espelho d`água que roubam o espectro de luz, formando poços multicoloridos com banheiras naturais ideais para simplesmente relaxar, é inesquecível. Passar pelo “Vale dos Cristais”, formado por um tapete de vários centímetros de cristais brancos e rosados, é de tirar o fôlego de qualquer
um, tamanha a beleza. No topo estão as entradas para inúmeras cavernas que formam uma verdadeira rede, com 10.820 metros de extensão e um desnível de 72 metros, onde está a maior caverna de quartzo do mundo, além de sumidouros, rios subterrâneos e cachoeiras. Depois da experiência de dormir acima das nuvens e sentir o abraço do Tepuy, onde história, geografia, geologia, mistério, energia, superação e magia, são vividas, ninguém volta o mesmo dessa viagem.

Vale dos Cristais

Alter do Chão – PA

Alter do Chão é o tipo de destino em que faz muita diferença a época do ano da viagem, já que a região muda completamente de paisagem a depender do volume de chuvas. A melhor época para ver as famosas praias de rio (principais atrações da região, que engloba também Santarém e Belterra) é o chamado verão amazônico, temporada seca que vai de agosto a dezembro. Já quem busca passeios de barco em meio à floresta e quer ver muita vida animal, o mais recomendado é viajar no inverno amazônico, temporada de chuvas que vai principalmente de janeiro a julho.

Pode parecer estranho, mas as praias de Alter do Chão não são iguais umas às outras. Por isso, os passeios de barco são um atrativo bastante comum na região. As rotas variam muito e há opções para todo tipo de turista. Os tours são realizados por agências de turismo, pela associação de barqueiros (Associação de Turismo Fluvial de Alter do Chão – ATUFA) ou por profissionais particulares. Para ter mais liberdade de roteiro, o ideal é contratar um barqueiro particular e escolher as paradas do passeio junto com ele.

Ao fazer um passeio de lancha ou barco pelas praias de Alter do Chão é quase certo que haverá uma parada estratégica para o pôr do sol na Ponta do Cururu ou na Ponta do Muretá. A poucos minutos da vila, essas pontas de areia que adentram o Tapajós são os lugares ideais para fechar o circuito do dia com um visual estarrecedor. O sol se põe na
água e você poderá assistir ao espetáculo boiando calmamente nas águas quentes do Rio Tapajós. Se preferir, pode-se também alugar um barco apenas para apreciar o pôr do sol na associação de barqueiros de Alter do Chão ou, no caso da
Ponta do Cururu, seguir a pé a partir da Ilha do Amor (com trajeto que pode levar 2h pela beira-rio). Uma coisa é certa: qualquer opção oferece ao turista um cenário deslumbrante.

Para hospedagem, a Pousada Boutique Vila de Alter é uma ótima escolha. Primeira pousada boutique do Pará, a Vila Alter faz parte do Circuito Elegante e da Remote Latin America – espécies de “selo de qualidade informal” do mercado de turismo de luxo e conforto – nasceu inspirada no modo de vida dos vilarejos às margens do rio Tapajós. Integrada à floresta, suas acomodações e espaços têm nome de espécies da flora amazônica. Além de reverenciar a natureza, é uma forma simpática de apresentar os ambientes aos hóspedes. São seis bangalôs construídos com madeira reflorestada, rede na varanda e um toque diferenciado na decoração que mistura elementos contemporâneos e referências da arquitetura ribeirinha.

You may also like

Deixe um Comentário