Ajuda humanitária

por The Winners
0 comentário

 Brasil assistência humanitária à República Libanesa

Aeronaves da Força Aérea Brasileira transportaram insumos médicos e alimentos para as famílias afetadas por explosão em zona portuária de Beirute.                                                                                                                                                               Duas aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) decolaram de Guarulhos (SP) com destino ao Líbano para levar ajuda à população libanesa e às famílias das vítimas da explosão que devastou a zona portuária de Beirute. A
ação humanitária foi coordenada pelos Ministérios das Relações Exteriores, da Defesa e da Saúde no âmbito do Grupo de Trabalho Interministerial sobre Cooperação Humanitária Internacional, cuja secretaria executiva cabe ao
Itamaraty. Os aviões decolaram no dia 12 de agosto e retornaram ao Brasil três dias depois.
O KC-390 Millennium da Força Aérea Brasileira, que realizou pela primeira vez uma missão internacional tripulado apenas por militares da FAB, transportou cerca de seis

Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez – Comandante da Aeronáutica, Presidente Jair Bolsonaro e ex-Presidente Michel Teme

toneladas de medicamentos, alimentos e equipamentos de saúde para o atendimento emergencial às famílias afetadas. A carga, caracterizada como mala diplomática brasileira, foi formada por antibióticos, corticoides, analgésicos e insumos como ataduras, seringas e cateteres, além de mais 100 mil máscaras cirúrgicas e 300 ventiladores pulmonares mecânicos – material todo doado pelo Ministério da Saúde. Já a comunidade de origem libanesa no Brasil, doou os alimentos.
A aeronave Embraer 190 VC-2 transportou a delegação oficial, chefiada pelo ex-Presidente Michel Temer. A comitiva foi composta por Senadores, autoridades federais e representantes da comunidade libanesa no Brasil, e também especialistas em assistência humanitária.
Em cerimônia que precedeu a decolagem das aeronaves, o Presidente Jair Bolsonaro entregou ao ex-Presidente Michel Temer as Bandeiras do Brasil e do Líbano, em um gesto que simboliza o efetivo comprometimento entre as Nações. Ele destacou a prontidão com que as Instituições brasileiras se mobilizaram para a concretização da ajuda. “Aos tripulantes da Força Aérea, honra-me vê-los nesta ação que conduzirão, não somente material de saúde e alimentos, mas também serão os fieis desta missão. Parabéns ao Comando da Aeronáutica por, em um curto espaço de tempo, ter preparado toda equipe para que a missão fosse cumprida”, afirmou.
Chefiando a delegação, o ex-Presidente Michel Temer – de família libanesa – destacou sua emoção pelo convite para estar à frente da missão de apoio humanitário. “Não se trata apenas de uma relação institucional, mas de preocupação humanitária com os destinos relativos à tragédia ocorrida em Beirute. Por isso, em nome da comunidade libanesa no 

Da direita para esquerda: Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior – Comandante Geral de Apoio da Aeronáutica, Sr. Reinaldo Papaiordanou – Diretor-Presidente da SOMAERO-SP e tripulantes da aeronave KC-390 empregada na missão

Brasil, agradeço ao que o Governo Brasileiro
faz pelo Líbano”, salienta.
Para o Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, este é um momento importante para a Força Aérea. “Decolaram nas asas da Força Aérea Brasileira homens e mulheres
para uma missão especial à Beirute, externando nossa profunda consternação com o ocorrido no porto da capital libanesa. Estamos orgulhosos de poder participar de mais uma missão humanitária que, tenho certeza, será histórica para a nossa Força Aérea”, destaca.
O Embaixador do Líbano no Brasil, Joseph Sayah, enalteceu o gesto do governo brasileiro. “Agradecemos o apoio e a ajuda. Somos países irmãos em lados opostos do mundo.                                                                                                                    Podem ter certeza que o Líbano nunca mais vai esquecer a generosidade desse grande país que abriga milhões de libaneses”, afirmou.

 

Delegação oficial

Esforço aéreo
Durante o deslocamento, as aeronaves realizaram paradas técnicas em Fortaleza (CE), Ilha do Sal, em Cabo Verde e Valência, na Espanha.
O KC-390 Millennium é o maior avião militar multimissão desenvolvido e fabricado no hemisfério sul, tendo capacidade de realizar missões de Transporte Aéreo Logístico, Reabastecimento em Voo (REVO), dentre outras. O
avião foi desenvolvido para atender aos requisitos operacionais da FAB, provendo mobilidade estratégica às Forças de Defesa do Brasil.
A primeira unidade do KC-390 Millennium, da fabricante brasileira Embraer, foi recebida pela FAB em setembro de 2019, a segunda em dezembro do mesmo ano e o terceiro KC-390 foi entregue em 27 de junho deste ano.
Um dos pilotos da aeronave, Capitão Aviador Phelipe Machado de Souza, explica sobre a versatilidade da aeronave. “O KC390 já foi projetado para este tipo de missão, por ter grande capacidade de carga, alcance e autonomia”, salienta.
O Major Aviador Marcel Nóbrega dos Santos, que pilotou a aeronave de apoio à comitiva, também destacou que esta missão mostra as características marcantes da Força Aérea.
“A partir da decisão, em pouquíssimo tempo, o Brasil leva o apoio necessário a outro país muito afastado geograficamente. Para a condução segura, otimizada e rápida são empregados dois vetores de transporte concebidos
para fins diversos, mas que são combinados a partir da interação dedicada e profissional de um efetivo liderado em prol de uma única missão”, disse o Oficial.

You may also like

Deixe um Comentário